sexta-feira, 11 de maio de 2018

Primeiro paciente de Parkinson tratado com a terapia cerebral sem incisão da Insightec

MAY 11, 2018 - A Insightec tratou o primeiro paciente em um estudo crucial de sua terapia ultrassônica não invasiva, ExAblate Neuro, para pacientes com Parkinson avançado que não responderam à medicação.

O dispositivo usa ultra-som focado e ressonância magnética (MRI) para destruir um alvo no fundo do cérebro - o núcleo de Vim do tálamo - através de um crânio intacto. Esta área foi identificada como responsável por causar tremores de Parkinson. A tecnologia de ressonância magnética permite que os médicos orientem o planejamento do tratamento e forneçam feedback térmico em monitoramento em tempo real.

A terapia visa melhorar a função motora e tratar os movimentos involuntários característicos dos braços e pernas, que podem ocorrer como efeito colateral da medicação e prejudicar a qualidade de vida dos pacientes e a capacidade de realizar atividades diárias.

Em julho de 2016, a terapia da Insightec tornou-se o primeiro aparelho de ultra-som focalizado aprovado pela Food and Drug Administration (FDA) dos Estados Unidos para o tratamento de tremores essenciais resistentes à medicação com destruição não invasiva do tálamo. Em outubro de 2017, o FDA concedeu a aprovação para iniciar o estudo para esses pacientes.

O ensaio (NCT03454425) avalia a segurança e a eficácia do sistema ExAblate para o tratamento das características motoras de Parkinson. Atualmente, está inscrevendo pacientes com 30 anos ou mais e com incapacidade motora predominante de um lado do corpo. A Insightec planeja recrutar um total de 40 participantes e espera concluir a pesquisa até dezembro de 2020.

“Com base no sucesso do incisionless focado tratamento de ultra-som para o tremor essencial, estamos animados para estender a sua aplicação aos efeitos debilitantes da doença de Parkinson,” Howard Eisenberg, MD, investigador principal do estudo e professor de neurocirurgia da Universidade de Maryland School of Medicine, disse em um comunicado de imprensa.

Eisenberg é reconhecido como um dos principais neurocirurgiões do país e especialista em lesão cerebral traumática e na barreira hematoencefálica.

"A INSIGHTEC está comprometida em apoiar pesquisas focadas em ultrassonografia, que é muito menos invasiva que a cirurgia convencional, e tem o potencial de melhorar a vida das pessoas que vivem com Parkinson", disse Maurice R. Ferré, MD, CEO da Inisightec.

A empresa iniciou recentemente um ensaio paralelo de Fase 3 (NCT03319485) de seu sistema de ultrassom focado em MRI para tratar sintomas motores em Parkinson. Ela planeja recrutar mais de 100 pacientes com Parkinson idiopático avançado que não respondem às terapias disponíveis. A inscrição de pacientes está em andamento em locais em Maryland, Nova York, Ohio, Pensilvânia e Virgínia. Mais informações estão disponíveis aqui. Original em inglês, tradução Google, revisão Hugo. Fonte: Parkinsons News Today.

Nenhum comentário:

Postar um comentário