sábado, 30 de dezembro de 2017

Canabidiol no Uruguay

Tive a grata satisfação hoje, ao abrir meu telefone, de me deparar com uma mensagem de whatsapp de meu médico neurologista e amigo Telmo Reis. Com o seguinte conteúdo:

Amigo Hugo
Estou no Uruguay
Há poucos dias 19/12/17 chegou nas farmácias o "Azeite de Cannabis", administrado em gotas. Vai a foto e texto ontem publicado nos jornais.

Fui nas farmácias e encontrei em algumas. Custo aproximado: 350 reais. Necessita de receituário especial médico local para compra.
Bom Ano Novo de 2018.
TR.



Veja esta notícia no El Pais.uy, e outras:
Consultorio cannábico recibió a pacientes uruguayos y brasileños.
Proponen sacar tope de plantas de cannabis.

3 comentários:

  1. Hugo,vc tem alguma experiências c o canabidiol ?

    ResponderExcluir
  2. Há quanto tempo vc sobrevive a DP?O q tem ajudado vc nesta batalha? O q está tomando e fazendo p seguir em frente sem se deixar abater? Tenho DP há 5 anos ,tomo prolopa , Pramipexol ,Azilact .tentei canabidiol,sem sucesso,parei. Tenho espasmos se tento calçar um tênis ,(sob o peito ) experimentei lioresal (relaxante muscular )fiquei parecendo eletrizada ,sem lugar p as pernas .Ate pouco tempo nadava ,sentia alívio sem o peso do corpo Hj sinto me pesada mesmo na água ,não consigo nadar.Queria fazer tanta coisa mas o corpo na ta acompanhando ,a limitação ta cada dia mais evidente .Sigo vc a procura do milagre da cura .

    ResponderExcluir
  3. Iara, minha experiência com o CBD é muito pequena. O que posso te dizer é que trata-se de um “melado” escuro, pegajoso, com um cheiro forte e amargo. Me aliviou algumas dores lombares.

    Fiz dbs há 10 anos, o que me ajuda muito e me permite atualmente não tomar nenhum remédio para parkinson, o que é um alívio, pois me livrei dos efeitos colaterais, que são tão ruins ou piores que a doença. Tenho parkinson há 20 anos. Já tomei L-dopa, Amantadina, Akineton, Artane, Pramipexole (Mirapex ER) e Rasagilina (Menuix), esta por pouco tempo, pois é contra-indicado para quem toma relaxante muscular.

    Apesar de ser contra a lei, passei a fumar maconha, o que tem me ajudado muito, me tira muito a ansiedade e alivia as dores e não me abate, pelo contrário, me joga para cima, up! E se vicia, pelo menos é mais barato que L-dopa. Não quero fazer apologia ao uso, mas é uma das pouquíssimas alternativas, mesmo que ilegais que temos. E continuemos à procura do milagre!

    ResponderExcluir