quarta-feira, 12 de setembro de 2018

Medicamento para tratar Parkinson está em falta nas farmácias / Portugal

O alerta chega do Infarmed, que garante estar em busca de alternativas.

12 set, 2018 - Há uma rutura no "stock" de Sinemet, medicamento para tratar a doença de Parkinson. Em comunicado divulgado nesta quarta-feira, a Autoridade Nacional do Medicamento (Infarmed) revela que o problema está relacionado com um problema no local de fabrico.

Segundo o Infarmed, a rutura “foi identificada em 45 países, incluindo Estados Unidos da América e Canadá”, e o organismo está a procurar alternativas ao fármaco.

O Infarmed diz ainda ser expectável que existam em Portugal embalagens suficientes de Sinemet em stock para abastecer o mercado até ao final de outubro.
É, contudo, importante que farmácias e distribuidores “façam uma gestão criteriosa dos stocks disponíveis”, apela.

No âmbito das suas competências, o Infarmed convocou as empresas com medicamentos destinados ao tratamento da doença de Parkinson para uma reunião na sexta-feira. Fonte: Sapo.

Se refere à falta do Sinemet, marca de levodopa da Merck Sharp & Dohme, não referindo à falta de Madopar (o Prolopa na Europa). Não se sabe do efeito "Orloff", ou seja, se vai faltar por aqui. Portanto fiquem antenados!

Nenhum comentário:

Postar um comentário