sexta-feira, 16 de março de 2018

Foliglurax

Foliglurax é um tratamento investigativo desenvolvido pela Prexton Therapeutics para o tratamento da doença de Parkinson, um distúrbio neurodegenerativo progressivo causado pela perda de neurônios dopaminérgicos na parte do cérebro responsável pelo movimento e coordenação.

Como o foliglurax funciona?
Foliglurax funciona ativando um sistema distinto de células nervosas (sistema neuronal) possuindo receptores específicos de glutamato, chamado receptor de glutamato metabotrópico 4 (mGluR4), que compensam a deficiência de dopamina. Como a dopamina, o glutamato é um neurotransmissor que é liberado por células nervosas para enviar mensagens para outras células nervosas.

Os receptores mGluR4 são estrategicamente localizados para contrariar o desequilíbrio dos neurotransmissores e restaurar o comportamento motor em pacientes. Os dados pré-clínicos em modelos animais mostraram que a ativação de mGluR4 deverá restaurar os comportamentos motores na doença de Parkinson.

Vários estudos em modelos animais demonstram que esta estratégia é promissora para a modificação da doença, bem como para o tratamento de sintomas motores e não motores da doença de Parkinson, como tremor no repouso, rigidez muscular e movimentos descontrolados (chamada discinesia).

A droga é projetada para fornecer alívio a longo prazo, ao contrário de outros tratamentos de Parkinson que visam substituir a dopamina ou imitar seus efeitos, que fornecem apenas alívio sintomático inicial e perda de eficácia à medida que a doença progride. (segue…) Original em inglês, tradução Google, revisão Hugo. Fonte: Parkinson News Today.

Nenhum comentário:

Postar um comentário