sábado, 11 de novembro de 2017

Liga Chilena contra la Enfermedad de Parkinson

Sábado 11 de noviembre de 2017 - Sr. Diretor:

O Ministério da Saúde está avaliando a lista de terapias que serão incluídas no terceiro decreto da Lei Ricarte Soto. Como é sabido, esta lei é um sistema de proteção financeira para diagnósticos e tratamentos de alto custo. Como uma Liga chilena contra a doença de Parkinson, pedimos que incluíssemos neste sistema a terapia de estimulação cerebral profunda (deep brain stimulation no inglês), que melhoram ostensivamente a vida daqueles que sofrem de doença de Parkinson, em particular os distúrbios motores que provocam e que são geralmente dramáticos para aqueles que os vivem e para suas famílias.

Esta terapia foi aprovada na Europa em 1993 e tem cobertura pública na maioria dos países da América Latina. No Chile, foi implementado há mais de 10 anos, mostrando sua efetividade; mas seu alto custo evita o acesso para a maioria das pessoas que podem receber essa terapia.

Como uma Liga chilena contra a doença de Parkinson, lutamos 31 anos para melhorar a qualidade de vida daqueles que sofrem desta doença. Para nós, incluindo o ECP na Lei Ricarte Soto, representaria um avanço crucial nesta tarefa e esperamos que sim. Original em inglês, tradução Google, revisão Hugo. Fonte: El Mercurio.

¡Nuestro apoyo a los chilenos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário