quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Gravam pela primeira vez a parte do cérebro onde se origina a doença de Parkinson

2016/10/08 - Investigadores da National Primate Research Center Yerkes Emory University (EUA) tem o registro pela primeira vez da atividade neuronal do estriado cerebral, uma estrutura que desempenha um papel importante na função cognitiva e motora e, portanto, onde a doença de Parkinson se origina. Em particular, os pesquisadores, cujo trabalho foi publicado na revista Proceedings, da Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos da América, obtém gravações comparativas desta parte do cérebro em pacientes com Parkinson ou outros distúrbios neurológicos, com os resultados obtidos em primatas. "foram encontradas alterações profundas na atividade de neurônios de projeção do corpo estriado do cérebro em doentes de Parkinson, o que pode explicar a contribuição que estas alterações têm sobre o desenvolvimento da doença "diz o investigador principal do estudo, Stella Papa. Agora, os pesquisadores vão analisar os mecanismos fisiológicos e moleculares envolvidos na ativação anormal de neurônios do estriado na doença de Parkinson. E, na sua opinião, entender essas mudanças poderiam ajudar a melhorar a vida dos pacientes. Original em espanhol, tradução Google, revisão Hugo. Fonte: El Mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário