sábado, 15 de abril de 2017

Milhares de dólares de doação de Michael J. Fox para promover a cura do parkinson

Milhares de dólares a doação de Michael J. Fox para promover a cura do Parkinson
O ator doou US $ 400.000 para o cientista chileno Claudio Hetz, que investiga como parar a doença

2017/04/14 | O ator americano Michael J. Fox doou a cientista chileno Claudio Hetz 260 milhões de pesos chilenos, 400.000 dólares, 377.000 euros para aumentar a sua investigação para encontrar uma cura para a doença de Parkinson, que ele sofre.

"Foi um telefonema em que, sem o envio de uma carta de intenções, projeto ou concurso através do Michael J. Fox Foundation nos informou que iria apoiar a nossa investigação contra Parkinson por considerar-nos um líder mundial na área", disse o neurocientista Claudio Hetz.

Parkinson meio-fio, o objetivo
Hetz, conselheiro suplente Millennium Biomedical Neuroscience Institute (BNI), Faculdade de Medicina da Universidade do Chile, disse que "isso foi há seis meses e agora temos o dinheiro para desenvolver protótipos terapias que retardam a doença." "Até agora há apenas o paliativo", diz o cientista, que também é professor visitante na Universidade de Harvard.

Hetz explica que "o objetivo é reduzir o Parkinson do estresse e proteger neurônios dopaminérgicos, que são aqueles que controlam os movimentos voluntários e são aqueles danificados pela doença."

A luta pessoal
Michael J. Fox, estrela da saga de Volta para o Futuro (Back to the Future), foi diagnosticado com a doença de Parkinson em 1991, mas tornou-a pública sete anos depois.

Desde então, por meio de sua fundação, o ator tem apoiado projetos de pesquisa para buscar uma cura total ou parcial para a doença, uma doença neurodegenerativa crônica que leva eventualmente a uma incapacidade progressiva devido a células nervosas (neurônios) não produzirem o suficiente de uma importante substância química no cérebro chamada dopamina. Original em espanhol, tradução Google, revisão Hugo. Fonte: La Vanguardia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário