sexta-feira, 17 de junho de 2016

N-acetilcisteína (NAC): O Que é, Para Que Serve, Benefícios e Efeitos Colaterais em Energia e Resistência, Suplementos (Extraído de matéria publicitária)

Uma das maiores preocupações das pessoas que cuidam do corpo é o fornecimento de proteínas aos músculos. É fundamental atentarmos não só para a contribuição das próprias proteínas, mas também daquelas substâncias que beneficiam e tornam a absorção dos nutrientes mais eficiente.

O uso de medicamentos e produtos que favorecem o funcionamento correto do organismo é comum, e dentre os medicamentos, atualmente podemos destacar o N-acetilcisteína (NAC), o qual vem sendo apontado como proveitoso para a construção das proteínas. O uso desse medicamento não só está relacionado à ação das proteínas, mas a diversas particularidades de nosso organismo, e é exatamente por isso que precisamos conhecer um pouco mais sobre os seus benefícios e possíveis efeitos, estes desejados ou não.

O que é?
O N-acetilcisteína (NAC) é obtido a partir do aminoácido L-cisteína. Quando falamos de hipertrofia, os aminoácidos são reconhecidos como blocos de construção das proteínas. Ele pode auxiliar no fornecimento de glutationa, mesmo após o esgotamento desta em seu organismo. É nesse aspecto que devemos destacar a função antioxidante indireta que o N-acetilcisteína (NAC) pode oferecer, já que a glutationa é reconhecida como antioxidante principal para o funcionamento regular de todo o corpo.

Ao contribuir com o fornecimento de glutationa, o N-acetilcisteína (NAC) também é responsável por evitar sobrecargas de toxinas e infecções, assim beneficiando o metabolismo, a construção de músculos, força e o sistema imunológico.

Por que Glutationa?
Ela se destaca por se manter dentro das células, sendo essa uma posição privilegiada para a neutralização de radicais livres. A glutationa também pode oferecer benefícios à saúde, pois pode auxiliar no combate de inúmeras doenças.

Contribuições do N-acetilcisteína (NAC) para a hipertrofia
O N-acetilcisteína (NAC) pode auxiliar na melhor absorção de outros nutrientes, e ainda contribui para que estes sejam utilizados de uma melhor forma. O ingrediente pode se destacar pela funcionalidade de agente de recuperação. Ele é capaz de fornecer os benefícios antioxidantes diretamente dentro das células musculares, o que é dito como um super benefício àqueles que treinam pesado e desejam contruir e ganhar volume muscular.

A sua importância não se limita apenas à função de eliminar radicais livres que podem danificar os músculos, mas também aumentar os níveis de um dos antioxidantes mais importantes para o corpo: a glutationa. Pesquisas realizadas na Australia, demonstraram que o N-acetilcisteína (NAC) pode contribuir com os praticantes de musculação, já que aumenta a quantidade de cisteína dentro dos músculos, assim influenciando na restauração da glutationa, mantendo autos níveis antes, durante e após os treinos.

A ação antioxidante que o NAC oferece é muito importante para evitar lesões musculares durante treinos pesados. Ele pode reduzir os efeitos negativos sobre os músculos, assim diminuindo a quebra de membranas musculares e outros componentes importantes para as células.
Fadiga muscular

O acúmulo de ácido láctico costuma ser considerado o principal responsável pela ocorrência de fadigas durante exercícios.

É dito que o excesso de Sódio e Potássio também contribuem para a diminuição da força e resistência muscular, e é exatamente nesse aspecto que o N-acetilcisteína se destaca, pois ele pode aumentar a atividade e responsabilidade do Potássio e do Sódio, sendo assim utilizados de forma positiva durante os exercícios, o que permite que você mantenha sua força e retarda a fadiga muscular. Pessoas que consomem NAC antes dos treinos podem adicionar mais 30% de rendimento em seus treinos de levantamento de força.

Não pense que a função positiva do N-acetilcisteína (NAC) se limita aos treinos de musculação, pois ele também pode ser importante para você melhorar a sua performance em exercícios cardiorrespiratórios por mais tempo, pois é dito que o NAC pode reduzir a fadiga dos músculos respiratórios, os quais ajudam você a respirar melhor durante os exercícios. Assim, suplementando-se com NAC, você também estará queimando ainda mais gordura corporal.

Como se não bastasse as contribuições citadas acima, o N-acetilcisteína (NAC) ainda pode contribuir para o aumento dos níveis de NO no seu corpo. Esse fator pode levar a um aumento do fluxo sanguíneo para os seus músculos, o que aumenta os níveis de energia durante os treinos, ajuda na força muscular, e também para o crescimento dos músculos e perda dos quilos a mais. Diante de todas funcionalidades, o NAC é reconhecido como o impulsionador favorito de NO para praticantes de musculação e fisiculturistas.

Queima de gorduras
Não pense que a contribuição de NAC para a queima calórica se limita a uma ação indireta, muito pelo contrário. Consumidores regulares de NAC foram analisados durante 8 semanas, e foi possível notar que eles eliminaram cerca de 5% da gordura corporal que possuíam no inicio da avaliação, e esse resultado foi notado sem fazer qualquer alteração nos planos de dieta.

Concluiu-se que N-acetilcisteína (NAC) pode agir positivamente para a queima de gordura, pois pode reduzir a capacidade da insulina de interagir com as células de gordura. Normalmente, a insulina reage com as células de gordura, o que gera o armazenamento e suspende a eliminação dos quilos extras. Vale lembrar que se você consumir NAC ao manter uma dieta hipocalórica, os resultados podem ser ainda mais notáveis.

A perda de peso também pode ser reconhecida como um dos benefícios oferecidos pelo N-acetilcisteína, pois ele age sobre o comportamento da tireoide, um dos fatores que prejudica a conquista da boa forma de muitas pessoas. Outra causa que justifica algumas pessoas terem dificuldade de perda de peso é a síndrome do ovário policístico, mas o NAC também foi utilizado para melhorar a sensibilidade do organismo dessas pessoas a insulina.

Dosagem de N-acetilcisteína (NAC)
Se você deseja ganhar mais energia, reduzir a fadiga, construir músculos, ganhar força e eliminar a gordura, recomenda-se optar por dosagens entre 600 a 2.400 miligramas de NAC por dia.
O melhor momento para consumo é junto a um Shake pré-treino. Você deve pensar se deve tomá-lo também nos dias off, pois o ideal de consumo nessas ocasiões é no período da manhã, junto à sua primeira refeição diária.
Efeitos colaterais
É dito que o consumo de N-acetilcisteína é provavelmente seguro para a maioria dos adultos, quando consumido por prescrição médica, é importante ressaltar. Ele pode causar náuseas, vômitos, diarreia ou até mesmo prisão de ventre. Raramente o medicamento pode causar consequências como erupções cutâneas, febre, dores de cabeça, sonolência, redução da pressão arterial e problemas no fígado.

Devemos ressaltar que quando inalado, o medicamento pode causar inchaço na região da boca, coriza, sonolência e aperto na região do peito.

O N-acetilcisteína possui um odor desagradável e pode não ser tão fácil de ser consumido.

Contraindicações
É dito que o consumo de N-acetilcisteína pode ser seguro quando tomado por via oral, mas não há nenhuma evidencia até então que comprove que o remédio pode causar danos às gestantes e ao feto. Devemos reconhecer que a medida mais segura é buscar uma avaliação e um acompanhamento ou recomendação para o consumo. Gestantes e mulheres em fase de amamentação devem atentar para os possíveis efeitos que o N-acetilcisteina pode oferecer e evitar prejuízos à saúde.

Há indícios de que o N-acetilcisteina pode provocar broncoespasmo em pessoas com asma, se inalado ou tomado por via oral, por isso, é importante que se submeta ao tratamento do remédio apenas com o monitoramento de um profissional da saúde e de sua confiança.

Pessoas alérgicas à composição do medicamento também devem se manter distante do mesmo. Fonte: Mundo Boa Forma.

ATENÇÃO: Esta postagem tem o objetivo de ilustrar a postagem imediatamente anterior (abaixo). - Não inicie, não modifique nem interrompa seu tratamento sem orientação médica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário