quarta-feira, 17 de junho de 2015

Dança ajuda pacientes na reabilitação da doença de Parkinson em Guarujá, SP

Projeto teve início em agosto de 2014 na cidade. 
Ação envolve técnicas de coordenação motora, ritmo e memória.
15/06/2015 - A Prefeitura de Guarujá, no litoral de São Paulo, está promovendo aulas de dança para pacientes com a doença de Parkinson, neurotoxoplasmose e pessoas com sequelas de Acidente Vascular Cerebral (AVC).

A ação é da Coordenadoria de Fisioterapia da Secretaria Municipal de Saúde, e envolve técnicas de coordenação motora, ritmo e memória, trabalhando diretamente os músculos e a percepção corporal.

O projeto, que teve início em agosto de 2014, tem como principal objetivo auxiliar no tratamento de pacientes redicivantes, ou seja, aqueles que não se recuperaram completamente na reabilitação fisioterápica.

Durante o tratamento, os pacientes recebem orientação de uma professora de dança e atendimento de uma psicóloga e uma fisioterapeuta. As aulas acontecem às quintas-feiras, a partir das 14h, no Centro de Atividades Educacionais e Comunitárias (Caec) Isabel Ortega, na Avenida Manoel da Cruz Michael, no bairro Santa Rosa. Fonte: Globo G1.

Nenhum comentário:

Postar um comentário