terça-feira, 18 de julho de 2017

Motorista de carro envolvido em acidente sofria de mal de parkinson

18 de Julho de 2017 - As duas mulheres sendo uma mulher de 20 e outra de 25 anos que ficaram feridas no acidente ocorrido ontem, na BR 104, já receberam alta do Hospital de Emergência e Trauma.

Duas pessoas morreram e duas ficaram feridas no aacidente que  envolveu  um carro e um ônibus na BR-104, no trecho que liga as cidades de Campina Grande e Lagoa Seca, Entre as duas vítimas que morreram, estavam um motorista de 56 anos e o neto dele de 11 anos. O avô havia saído da fazenda da família em Lagoa Seca e levava o neto para a escola em Campina Grande. A família das vítimas disse à reportagem da TV Paraíba, que o homem havia recolhido latas que estavam na fazenda e levava elas para serem deixadas em um ponto de coleta de material reciclável. Amigos e parentes também disseram que o motorista de 56 anos sofria de parkinson.

O motorista do ônibus informou à Polícia Rodoviária Federal que o condutor do carro de passeio invadiu a contramão e colidiu de frente com o ônibus. Os policiais acharam latas de cerveja e cachaça vazias na mala do carro e, por isso, solicitaram exames para saber se o motorista do carro de passeio dirigia sob efeito de álcool.

O condutor do carro de passeio morreu na hora. Já a criança de 11 anos chegou a ser socorrida para o Hospital de Emergência e Trauma, com fraturas expostas no braço e na perna e traumatismo craniano. O menino passou por procedimentos médicos, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Fonte: PB Agora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário