domingo, 23 de julho de 2017

Descubra como dopamina altera sua percepção do tempo

23 Julio, 2017 - O cérebro humano consiste de uma complexa série de redes neurais que se comunicam umas com as outras graças à ação dos chamados neurotransmissores. Uma substância, um dos mais conhecidos é o que chamamos de dopamina.

Este desempenha um papel importante em doenças como Parkinson, como o principal fator de por que ele se desenvolve é precisamente a falta deste neurotransmissor. Um estudo recente descobriu que a dopamina poderia fazer um papel muito importante na nossa percepção da função tempo.

Tudo é subjetivo

Como sabemos, o tempo é muito subjetivo. Uma hora pode parecer 10 minutos ou 4 horas, dependendo do que fazemos durante esse período de tempo. Dito isto, os pesquisadores descobriram algo que se relaciona com a dopamina e com essas sensações subjetivas.

Os cientistas pertencentes ao Centro Champalimaud de Portugal, acreditam que a dopamina modifica o nosso relógio interno. O estudo foi recentemente publicado na prestigiosa revista Science, confirmando uma relação direta entre a atividade neural e senso de tempo.

Para chegar a estas conclusões, analisaram a atividade neural de um grupo de ratinhos. Através de vários testes, eles conseguiram descobrir se o intervalo entre dois sons diferentes foi concebido como mais ou menos pelos próprios animais.

A dopamina está associada a sentimentos amorosos, motivação, recompensa e sentimentos geralmente agradáveis. Por isso, e de acordo com o estudo, quando desfrutamos de algo assim, sentimos que tudo acontece rápido, precisamente por causa da ação de neurônios. A dopamina nos faz sentir bem, mas também altera nossa percepção do tempo.

Outra evidência para esta teoria, seria o fato de que os pacientes com doença de Parkinson, sentirem a passagem do tempo muito lenta. Esta seria causada pela clara falta de dopamina devido às pequenas lesões cerebrais sofridas. Original em espanhol, tradução Google, revisão Hugo. Fonte: Invdes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário