quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Terapia celular para doenças neurodegenerativas

A Living Cell Technologies Limited (LCT) é uma empresa australiana de biotecnologia que melhora o bem-estar de pessoas com doenças graves em todo o mundo descobrindo, desenvolvendo e comercializando tratamentos regenerativos que restauram a função usando células que ocorrem naturalmente.

Nosso produto principal, NTCELL®, é uma cápsula revestida de alginato contendo aglomerados de células neonatais do plexo coróide porcino. Após o transplante, o NTCELL funciona como uma fábrica biológica, produzindo fatores para promover o novo crescimento do sistema nervoso central e reparar a degeneração nervosa induzida por doença.

Um ensaio de fase IIb de NTCELL para a doença de Parkinson está atualmente em curso. Pretende-se confirmar a dose mais eficaz de NTCELL, definir qualquer componente placebo da resposta e ainda identificar o grupo alvo inicial de doentes com doença de Parkinson. Se o ensaio for bem sucedido, LCT solicitará o consentimento provisório para tratar os pacientes que pagam na Nova Zelândia e lançará o NTCELL como o primeiro tratamento modificador da doença para a doença de Parkinson, em 2017.

Além da doença de Parkinson, NTCELL tem potencial para ser usado em uma série de outras indicações do sistema nervoso central, incluindo Huntington, Alzheimer e doenças do neurônio motor incluindo esclerose lateral amiotrófica (ELA).

A tecnologia proprietária de encapsulamento da LCT, IMMUPEL ™, permite que terapias celulares sejam usadas sem a necessidade de co-tratamento com drogas que suprimem o sistema imunológico.

A LCT está listada nas bolsas australianas (ASX: LCT) e nos EUA (OTCQX: LVCLY) e está incorporada na Austrália, com operações baseadas na Nova Zelândia.

8 FEBRUARY 2017 - Aprovação concedida para o grupo 3 no ensaio de Parkinson
A Living Cell Technologies Limited recebeu hoje a aprovação para começar a tratar os seis pacientes do grupo 3 do ensaio clínico de Fase IIb do NTCELL® para a doença de Parkinson, no Auckland City Hospital. Original em inglês, tradução Google, revisão Hugo. Fonte: LCT Global.

3 comentários:

  1. Excelente postagem. Pelo que entendi, haverá reparação do sistema nervoso. Isso é muito surpreendente! Além do que está quase em fase III, com resposta já em 2017. Merece um esclarecimento à altura da descoberta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Ronaldo, acerca de seu comentário, maiores informações sobre o assunto, em caráter cronológico, sugerimos fazer o link em "Marcadores: xenotransplantes", onde você poderá ter um apanhado geral sobre o tema, desde que acompanho referidas notícias na internet. Além deste link, também em nosso antigo blog: http://maldeparkinson.blogspot.com.br/search/label/xenotransplantes

      Excluir