quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Policial militar reformado mata a mãe e fere a irmã com tiros em Itaperuna

dezembro 14, 2016 - Um policial militar reformado de 39 anos foi preso, na madrugada desta quarta-feira (14), por homicídio cometido na Avenida Boa Fortuna, bairro Boa Fortuna. O militar, que está de licença médica, atirou com um revólver calibre 38, atingindo a mãe Joana de Medeiros Pereira, de 74 anos, que não resistiu aos ferimentos no peito, morrendo no imóvel. A irmã do policial, um enfermeira de 36 anos, foi atingida no braço esquerdo, encaminhada para atendimento médico no Hospital São José do Avaí, não corre risco de morte.

No local do crime foi apreendido o revólver da marca Taurus calibre 38, cinco estojos, 17 cartuchos e dois fragmentos de chumbo. O preso, que sofre com Mal de Parkinson, foi lotado pela última vez no 8º Batalhão de Polícia Militar, em Campos dos Goytacazes. Na Delegacia Legal de Itaperuna, o preso não justificou a atitude. Ele prestou depoimento pela manhã na sede policial. Fonte: Notícias 24 Horas.
Espero que investiguem e divulguem qual(is) "remédio(s)" tomava o policial. Pois temos que tomá-los com muito cuidado!

2 comentários:

  1. Talvez o policial foi diagnosticado com Parkinson mas na verdade poderia ser outra doença neurodegenerativa com sintomas parkinsonianos?

    ResponderExcluir