sábado, 24 de dezembro de 2016

A artista Kyōko Shimazu cria um mangá autobiográfico sobre sua experiência com a doença de Parkinson

Seu contato a levou a expressar seus sentimentos



23 de dezembro de 2016 // Apesar de estarmos acostumados a histórias de ação e fantasia, por vezes, o real é o maior impacto. Já em 2001, a artista Kyōko Shimazu começou a experimentar um tremor incontrolável em sua mão direita, que acabou se espalhando para todo o lado do corpo. Pensando em stress, os médicos lhe disseram para relaxar e voltar ao normal, então parei de desenhar e comecei a dormir mais horas, mas aos sintomas não fez nada, acentuaram mais até depois de sete anos, e ela descobriu que tinha Parkinson, uma doença crônica neurodegenerativa.

Desde então, a artista perdeu a capacidade de falar e caminha com dificuldade, mas conseguiu transmitir os seus sentimentos e reunir as suas experiências através de um novo mangá: Mangaka, Parkinson-byo ou Naru ("A cartunista com Parkinson"). Através de seu blog, Shimazu pede desculpas para a licença tirada tão jovem e graças a todos aqueles que lhe deram apoio quando sua vida estava tão infeliz. O trabalho começou a ser vendido no Japão no dia 10 deste mês e você pode ver algumas páginas através do seguinte link. Original em inglês, tradução Google, revisão Hugo. Fonte: Koi-Nya.


Nenhum comentário:

Postar um comentário