quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Cientistas identificam nova pista na busca da cura do Parkinson

Pesquisas recentemente publicadas pela Iowa State University podem sugerir um novo tratamento para a doença de Parkinson.

Em um artigo publicado na revista científica Nature Communications, cientistas da ISU identificaram uma proteína chamada Prokineticin-2 (PK2) que pode proteger as células do cérebro e é expressa com maior freqüência nos estágios iniciais da doença de Parkinson.

"Os neurônios usam PK2 para lidar com o estresse. Trata-se de um mecanismo de proteção embutido ", disse Anumantha Kanthasamy, professora de medicina veterinária de Clarence Hartley Covault, Eugene e Linda Lloyd Dotada de Neurotoxicologia e presidente de ciências biomédicas no Iowa State. Original em inglês, tradução Google, revisão Hugo. Fonte: AANS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário