sexta-feira, 16 de setembro de 2016

Invenção brasileira detecta câncer, Parkinson e Alzheimer

16/09/2016 - Um biossensor criado por pesquisadores do Laboratório Nacional de Nanotecnologia (LNNano), no interior de São Paulo, é capaz de identificar moléculas relacionadas a doenças neurodegenerativas e alguns tipos de câncer.

Trata-se de um aparelho eletrônico manufaturado sobre uma plataforma de vidro. Nele, um transistor é composto por uma camada orgânica em escala nanométrica, concentrando o peptídeo glutationa reduzida (GSH), que atua de modo específico quando entra em contato com a enzima glutationa S-transferase (GST), associada a doenças como Parkinson, Alzheimer e câncer de mama. Esta reação GHS-GST é diagnosticada pelo transistor. Fonte: Notícias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário