sábado, 13 de agosto de 2016

Hillary tem a doença de Parkinson

(foto removida por violações à ética)

08/13/16 - Hillary não teve um acidente vascular cerebral. Ela tem a doença de Parkinson, uma doença cerebral progressiva e debilitante

Quando ela caiu, em 2009, ela quebrou o cotovelo, o que sugere que seus reflexos ainda eram funcionais.

Quando ela caiu, em 2012, seus reflexos já eram não-funcionais e ela teve um impacto direto. Ela teve um grande abalo.

Veja pela progressão neste site, ela tem Parkinson Estágio III .
http://www.healthline.com/health/Parkinsons/stages

No estágio IV é impossível viver sem assistência. Na fase V existem alucinações e demência.

Ela é fisicamente incapaz de executar o trabalho do presidente. Original em inglês, tradução Google, revisão Hugo. Fonte: Boards.

Esta, indubitavelmente, é uma notícia plantada por simpatizantes de Trump.

Não deixa de ser um desserviço à causa do Parkinson, e para deixar bem claro: Ninguém fica tomado pelo Parkinson de uma hora para outra. Trata-se de um processo que se desenvolve ao longo de 20 anos ou mais para apresentar os primeiros sintomas diagnosticáveis clinicamente e, além do mais, necessita da conjunção de outros fatores concorrentes para que se manifeste demência. E mesmo que supostamente sim, não ficará demente no próximo mandato, o futuro dirá.

A mim, não parece óbvio que Hillary tenha Parkinson, diferentemente de Bill, que a princípio o tem, num estágio um pouco mais avançado.

E vejam vocês, se é um diagnóstico difícil para um concorrente à presidência da maior potência mundial, imaginem para um prosaico contribuinte do INSS! Não sou eleitor estado unidense, mas  quem está/é demente, é Trump.

Nenhum comentário:

Postar um comentário