quarta-feira, 30 de março de 2016

Ginástica cerebral pode ser aliada no combate ao Parkinson

29 de março de 2016 - No próximo dia 11 de abril é comemorado o Dia Mundial de Atenção à Doença de Parkinson. Segundo a Associação Brasil Parkinson, no país existem 300 mil pessoas com Parkinson. A doença é uma enfermidade degenerativa do sistema nervoso que afeta principalmente o cérebro e caracteriza-se por prejudicar a coordenação motora e por provocar tremores, dificuldade para caminhar e se movimentar.

A enfermidade não tem cura. E embora os medicamentos indicados possam ser usados para a melhora da função motora, eles podem perder sua eficiência com o tempo, Além disso, ao longo da doença, os níveis de medicação exigidos podem causar efeitos colaterais indesejáveis.

A prática de ginástica cerebral pode ser uma alternativa e ainda oferecer benefícios importantes. Com o estimulo das funções cerebrais, o paciente se mantém ativo, integrado à família e à sociedade.

Para a instrutora de ginástica cerebral do Método Supera no Recife, Andréa Negreiros o tratamento com fisioterapia, fonoaudiologia e principalmente exercícios cerebrais são muito recomendados. “O intuito é reduzir o prejuízo funcional decorrente da doença, permitindo que o paciente tenha uma vida independente, com qualidade, por muitos anos”, conta Andréa.

Método Supera no Recife
Rua Real da Torre, 1036. Madalena. Fone: (81) 3236-2907
Rua Francisco de Barros Barreto, 90. Boa Viagem Fone: (81) 3033-1695

No próximo dia 11 de abril é comemorado o Dia Mundial de Atenção à Doença de Parkinson. Segundo a Associação Brasil Parkinson, no país existem 300 mil pessoas com Parkinson. Fonte: Socialland.

Nenhum comentário:

Postar um comentário