segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Uepa abre vagas para atendimento de pessoas com Parkinson

Universidade do Estado do Pará oferece atendimento desde 2014.
Atividades são acompanhadas por professores e alunos da instituição.

14/02/2016 - A Universidade do Estado do Pará (Uepa) oferece vagas à comunidade externa para o Programa de Treinamento Resistido, que estimula por meio de exercícios físicos pacientes com doença de Parkinson. Para o primeiro semestre de 2016 todas as vagas já foram preenchidas, entretanto, os pacientes que desejam participar do programa no segundo semestre devem realizar entrevista e avaliação.

O projeto atua na reabilitação da força e manutenção da massa muscular por meio da prática do treinamento resistido. As atividades são acompanhadas por 15 profissionais, entre professores e alunos de diversas áreas do conhecimento, entre elas educação física, fisioterapia, enfermagem e nutrição.

“Os dados produzidos pelo trabalho são confidenciais de cada paciente, e posteriormente apresentados em congresso internacionais com intuito de produzir mais dados que possam ser utilizados na produção de novas terapêuticas para os pacientes com doença de Parkinson”, explica o coordenador do Projeto, Erik Alves.

O projeto nasceu em 2014 a partir do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (Pibic), financiado pela Uepa, e já atendeu mais de 50 pessoas. Os interessados devem se dirigir ao Campus III da Universidade, em Belém, munidos de uma foto 3x4, comprovante de residência e um atestado médico com liberação para a prática de atividades físicas. Fonte: Globo G1.

Nenhum comentário:

Postar um comentário