domingo, 6 de dezembro de 2015

Projeto ajuda pessoas com doença de Parkinson em Bauru

02/12/2015 - Projeto Ativa Parkinson foi idealizado por um professor da Unesp de Bauru. 
São proporcionadas atividades físicas gratuitas e duas vezes por semana.

Para promover a qualidade de vida e ajudar pessoas que possuem a doença do Parkinson, o professor da Unesp de Bauru (SP) Fábio Barbieri criou o projeto Ativa Parkinson, que proporciona atividades físicas gratuitas duas vezes por semana para os pacientes.

De acordo com o professor, a doença afeta o sistema nervoso central e deixa o paciente debilitado. Então, as atividades físicas fazem com que os pacientes realizem movimentos que não fazem normalmente e que o sistema nervoso central seja estimulado.

“As atividades proporcionam o fortalecimento muscular e fazem com que os caminhos que o nosso sistema nervoso central enviam os estímulos para os músculos sejam conservados em um certo grau”, afirma.

As aulas acontecem duas vezes por semana em uma quadra da universidade em Bauru. A aposentada Judite Romacho é uma das pacientes que participa do projeto. Segundo ela, sua vida está bem mais tranquila e ativa após começar as atividades. “Mudou para melhor a minha vida e sou bastante feliz. É como se eu não tivesse problema e minha vida está muito mais tranquila”, afirma.


Serviço
As aulas são gratuitas e duas vezes por semana na Universidade Estadual Paulista (Unesp) em Bauru. Quem tem interesse em participar é só enviar um e-mail para ativaparkinson@fc.unesp.br . Fonte: Globo G1.

Nenhum comentário:

Postar um comentário