quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Parkinson: Português vai dirigir principal sociedade científica europeia

11/08/2015 - Joaquim Ferreira, que até aqui era diretor clínico do Campus Neurológico (CNS), centro português dedicado a doenças neurológicas, vai liderar a Secção Europeia da Sociedade Internacional de Doença de Parkinson e Doenças do Movimento (MDS).

É um português que vai liderar a a principal Sociedade Científica na Europa dedicada à Doença de Parkinson e outras Doenças do Movimentos (MDS).

Joaquim Ferreira será o novo diretor da secção europeia da Sociedade que conta com mais de 1.600 membros de 49 países. Numa declaração enviada às redações, o Professor Doutor, até agora diretor clínico do Campus Neurológico (CNS), centro português dedicado a doenças neurológicas, diz-se honrado com a nomeação.

"É uma honra e um enorme privilégio assumir esta posição na Sociedade Internacional de Doença de Parkinson sucedendo a neurologistas de grande prestígio e que contribuíram enormemente para o incremento do conhecimento neste domínio da neurologia. Encaro esta nova posição como uma oportunidade de continuar a servir a comunidade científica com a implementação de projetos que atraiam jovens profissionais de saúde e cientistas para esta área da neurologia de forma a melhorarmos a qualidade dos cuidados prestados aos doentes com Doenças do Movimento na Europa."

As Doenças do Movimento incluem, para além da Doença de Parkinson, patologias como o Tremor, Síndroma das Pernas Inquietas, Distonia, Tiques, Doença de Huntington, Síndromas Parkinsónicos Atípicos, alterações da marcha, entre outras.

Ao todo, a Sociedade Internacional de Doença de Parkinson e Doenças do Movimento reúne mais de 4.500 médicos, cientistas, e outros profissionais da saúde dedicados a melhorar os cuidados de saúde prestados aos doentes com doenças do movimento, através da educação e da investigação, pode ler-se no comunicado que dá conta da nomeação de Joaquim Ferreira. Fonte: TSF Radio Noticias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário